Linhas de pesquisa

  • Gestão do Conhecimento e da Inovação: Este campo temático abrange os fenômenos organizacionais relativos à gestão do conhecimento e inovação. A gestão do conhecimento aborda o processo pelo qual a informação é adquira, armazenada e recuperada pelos membros da organização. As pesquisas nesta área focam principalmente na transferência de conhecimento tácito e explícito intra-organizacional e inter-organizacional (entre multinacionais e subsidiárias, subsidiárias e empresas locais, setor privado e público, etc.) e na identificação de fatores organizacionais e individuais que interferem no processo de transferência de conhecimento. A inovação, por sua vez, refere-se aos processos pelos quais novas idéias são criadas e convertidas em produtos e/ou serviços que agregam valor à organização e à sociedade. Os temas pesquisados são: desenvolvimento e disseminação de novas tecnologias; incentivos institucionais e/ou organizacionais à inovação; impactos sociais e organizacionais da inovação.
  • Gestão Internacional: Esse campo temático diz respeito a análise das estratégias e do processos de interação entre os países e as empresas multinacionais, sob o aspecto macro e organizacional, em tópicos que incluem: estudos comparativos entre países; formas e práticas de gestão do conhecimento nas organizações; transmissão do conhecimento; ambientes e culturas para inovação.
  • Gestão Organizacional: Considerando a gestão como uma atividade complexa, multifuncional e multidisciplinar, que deve ser tratada sob perspectivas teóricas e epistemológicas diversas, no âmbito dessa temática são tratadas questões que se apresentam para os gestores e pesquisadores de organizações com ou sem fins lucrativos, de diferentes setores, portes e atividades, em temáticas tais como: processo decisório; poder; estratégias, estruturas e processos organizacionais; gestão e governança de diferentes tipos de organizações; sucessão, profissionalização e governança de empresas familiares; gestão de instituições de ensino superior; gestão da cultura organizacional; estudos comparativos inter-culturais; análise comparada de organizações públicas, privadas e de economia mista; arquitetura organizacional; novos (e velhos) arranjos organizacionais e modelos de gestão.